Posts

Aprenda a irrigar a grama da maneira correta!

Cada tipo de grama necessita de um cuidado especial, isso varia de acordo com a espécie utilizada, clima e localização.

A irrigação correta ajuda a manter o gramado saudável e bonito, o ideal é que seja irrigado com pouca frequência, porém de forma abundante. Em alguns períodos necessitam de uma quantidade maior de água, já em outros, sobrevivem bem com pouca água.

Uma dica muito boa é a instalação de aspersores de mangueira ou a instalação de um sistema automatizado abaixo da terra, fazendo ajustes para que o gramado seja irrigado de forma uniforme, para evitar excesso o aspersor pode ser ligado em ciclos. Muito importante que sejam feitos ajustes e manutenção nos sistemas de irrigação para que eles funcionem corretamente. Essa dica é muito importante, pois algumas espécies de grama quando molhadas em excesso podem sufocar com o excesso de água e ficarem sem oxigênio.

A melhor hora para que a grama seja irrigada é de manhã bem cedinho, ou quando houver poucos ventos e que tenha sol para ajudar a grama a secar antes que anoiteça. É necessário que a grama seja molhada abundantemente, para que a água molhe as raízes da grama. Caso seja molhada sob o sol quente, podem adquirir queimaduras solares.

Normalmente as gramas necessitam de uma quantidade maior de água durante a estação ativa de crescimento que que quando estão em processo de dormência. Em estações mais frias, elas também precisam de bastante água.

A grama é formada por basicamente 85% de água, por isso é tão importante que sejam irrigadas de forma correta, assim dificilmente elas ficarão doentes e perderão o viço e a cor tão apreciada. É importante também que as folhas permaneçam secas, pois as folhas molhadas atraem doenças. Por isso é tão importante que a irrigação seja feita bem no início da manhã ou final da tarde, já que nesse horário o sol não está forte.

Um suporte e/ou um enrolador de mangueiras é sempre uma ótima opção para guardar seu produto.

Fonte: Agéo Gramas

Qual a Melhor Roçadeira à Gasolina?

Se você está procurando a melhor roçadeira à gasolina para atender a sua necessidade, seja ela ocasional, como aquela aparada de rotina na grama do quintal, ou até para uso profissional em áreas amplas, é preciso saber, antes de tudo, que é justamente pesquisando bastante que você vai descobrir quais são as marcas mais conceituadas do segmento, reduzindo as chances de fazer um mau investimento.

O Melhores Roçadeiras está aqui para isso. Nós entendemos de Roçadeiras.

Vamos te ajudar a descobrir qual a melhor roçadeira à gasolina para a sua necessidade.

Na nossa seção de roçadeiras a gasolina, vendemos somente as melhores roçadeiras do mercado. Roçadeiras com excelente custo benefício com os menores preços entregamos em todo o Brasil.

 

Diferenças Entre Tipos de Roçadeiras

Antes de tudo, é preciso se atentar que para cada caso existe uma ferramenta específica.

Enquanto as roçadeiras elétricas são recomendadas para o uso doméstico, as roçadeiras à gasolina ou a etanol são ideais para quem realiza trabalhos profissionais ou em relevos acidentados, como por exemplo barrancos e encostas, já que são mais robustas e não dependem da rede de energia elétrica para desempenhar sua função.

É com uma roçadeira à gasolina que o profissional consegue atuar com maior rendimento, ficando livre de cabos e fios e sem se tornar refém da ausência de tomadas em grandes áreas.

Essas potentes ferramentas de corte podem ser utilizadas no setor agropecuário, facilitando a vida do homem no campo durante a manutenção de pastagens, hortas e culturas; na jardinagem profissional, aparando gramados, arbustos e plantas das mais variadas espécies.

As roçadeiras à gasolina também podem ser usadas na construção civil, com a limpeza de terrenos ou vias públicas, canteiros, parques e praças e até mesmo para o uso florestal, ajudando a promover omanejo sustentável e consciente através do reflorestamento com rotinas de plantio.

 

Como Escolher a Melhor Roçadeira à Gasolina

As variações entre os diversos modelos disponíveis no mercado ficam por conta de fatores como:

  • Potência das lâminas e da sua rotação.
  • O peso total do equipamento também é importante já que o operador carregará a roçadeira junto ao seu corpo às vezes até por várias horas seguidas.
  • O volume do compartimento para combustível.
  • O consumo de gasolina.
  • O deslocamento do cilindro e formato do cinturão.
  • A pressão e potência sonoras;
  • O nível de vibração e dos tipos de velocidade de cada uma das ferramentas.

Considerações Finais

Ficar atento a todas essas características e especificações é essencial para fazer uma escolha certeira.

Uma dica infalível antes de concretizar a compra é pesquisar se a marca e o modelo escolhidos, além de atenderem o seu principal objetivo de uso, possuem assistência técnica na sua cidade de residência ou onde o serviço será efetuado.

Outro fator importante é checar se as peças de reposição são encontradas com facilidade e a preços justos, para o caso de manutenções de rotina, evitando assim ficar com um equipamento parado por falta de peças ou pelo alto custo das mesmas.

,

Quais são as ferramentas fundamentais para ter em casa?

 

Foi tomar banho e percebeu que a água do chuveiro não esquentava. E, no mesmo momento, você também nota que a válvula não está fechando muito bem. Então lembra que comprou prateleiras para instalar no quarto. Que precisa trocar o pneu da bicicleta e também a borrachinha da torneira. Tem a cadeira que está com folga e o interruptor de luz da sala que parou de funcionar. Quem nunca passou por isso, não é mesmo?

Nem sempre nos damos conta, mas, quando menos a gente espera, algumas dessas situações surgem em nosso dia a dia, até com certa regularidade. Para solucioná-las, nada mais apropriado do que ter à disposição um kit básico de ferramentas, composto por parafusadeira, furadeira e acessórios variados.

Se você é adepto do faça você mesmo, gosta de realizar pequenos consertos e instalações, o Guia de Compras Casas Bahia montou uma lista com algumas das principais ferramentas que não podem faltar em sua casa. Os itens que daremos destaque são de fácil manuseio, duráveis e seguros. Vamos lá?

 

 

Furadeira e parafusadeira agilizam o trabalho
Parafusadeira Furadeira
Tenha em casa parafusadeira e furadeira

A furadeira e a parafusadeira são ferramentas que não podem faltar em seu kit. As possibilidades de utilização são inúmeras, já que facilitam o instalar e o desinstalar do suporte de televisão, dos nichos, das portas, das janelas e das prateleiras.

A Furadeira Bosch GSB 550RE é um modelo com 550w de potência que permite perfurar, com ou sem impacto, diversos tipos de superfície, tais como: madeira, metal e concreto. O seu mandril tem 13mm, a velocidade é variável (de impacto (ipm) 0 – 41.600 bpm / rotação sem carga (rpm) 0 – 2.700 min-¹), possui guia de profundidade, que permite perfurar na medida certa, e empunhadura para que você segure com mais firmeza a furadeira Bosch durante a execução da tarefa.

A Makita HP1640K é uma ferramenta dos sonhos para quem gosta de alto desempenho, porque tem motor de 680w de potência. Com mandril de 13mm (1/2″), ela atua brilhantemente na perfuração de materiais, como concreto, cerâmica, plástico, azulejos e madeira. A sua velocidade é variável e reversível (de impacto (ipm) 0-44.800 e rotação sem carga (rpm) 0-2.800), os modos de rotação são divididos em ”simples rotação” e ”rotação com impacto”, contém guia de profundidade e empunhadura auxiliar.

Soluções inteligentes, que agilizam a realização de trabalhos, são sempre muito bem-vindas. Uma opção bacana para os momentos em que você precisar montar ou desmontar itens variados, que precisem de parafusos em sua estrutura, é a parafusadeira Bosch GSR 1440-LI. Desenvolvida para ser utilizada em madeira ou aço, ela desempenha com perfeição a tarefa para qual foi projetada. Leve e potente, vem com engrenagem planetária de 2 velocidades, baixíssimo peso e funcionamento à bateria.

Uma das marcas mais queridas por aqueles que gostam de ferramentas, a parafusadeira Makita modelo 6723DW é uma soma de eficiência, praticidade e conforto. Com design leve e compacto, ela pode ser utilizada para parafusar e desparafusar objetos feitos em madeira ou aço. Com encaixe sextavado 1/4”, 220 rpm e bateria com voltagem de 4,8v, esse equipamento vai ajudá-lo a solucionar diversas tarefas, seja durante a reforma, seja na montagem do móveis.


Alicates são multifuncionais
Alicate Multifunção
Alicate Universal para fazer um pouco de tudo

Se tivesse que escolher apenas uma ferramenta manual, certamente o alicate universal estaria em primeiro lugar na lista de muita gente. Sabe por quê? Esse instrumento consegue ser um quebra-galho em inúmeras situações. Seja parafusando ou desparafusando, tirando e colocando pregos na parede ou madeira, cortando fios e arames, usando como martelo, entre tantas outras ações. Esse tipo de alicate atende com eficiência todas as soluções as quais se propõe a executar.

Agora, se você precisa retirar um parafuso difícil de afrouxar, que teima em permanecer imóvel, ou apertar/desapertar uma torneira, o alicate de pressão ou a chave de grifo vão ajudá-lo a sair dessa enrascada. O sistema de travamento que eles possuem permite segurar o parafuso ou torneira, por exemplo, com maior força e precisão, facilitando a remoção. Por esse motivo, são recomendados para trabalhos hidráulicos e mecânicos.

Outra opção bacana é a turquesa. Muito presente na construção civil, essa ferramenta é um tipo de alicate que pode ser utilizado em casa para cortar e torcer arames. Se você precisa improvisar o conserto de um banquinho de madeira ou instalar um varal de aço no quintal, essa ferramenta vai ajudá-lo a realizar essas tarefas com praticidade e em pouquíssimo tempo.

 

Chaves nunca são demais
Chaves parafusar desparafusar
Chaves para o aperto na medida certa

Para a colocação ou retirada de parafusos sextavados externos opte pela chave de boca, já para o interno é necessário o uso da chave allen, existem também os modelos de fenda, philips, entre outros. Então é primordial contar com um conjunto de chaves de diversos tamanhos e medidas. Você até pode usar uma única ferramenta, a conhecida chave inglesa, mas a atuação dela não será tão perfeita quanto a das chaves de tamanhos variados e desenvolvidas para cada tipo de parafuso.

Seja qual for a medida do parafuso, usar a chave que se adeque com perfeição a cada necessidade permite maior agilidade, precisão e segurança na realização da tarefa. Para consertos de tomadas, eletrodomésticos, cadeiras, janelas e portas, elas são as mais recomendadas. Quem nunca teve dificuldade em abrir uma lata de tinta? Utilizando uma chave de fenda, por exemplo, você será capaz de realizar até esse tipo de tarefa.

 

Martelo, martelão
Martelo Prego
O martelo é uma ferramenta de grande utilidade

Desde os primórdios até hoje em dia, nenhuma outra ferramenta foi capaz de substituir a função exercida por um martelo tem para oferecer. Do latim medievo Martellu, esse instrumento tem como principal função fixar ou retirar um prego em diferentes estruturas. Ele é muito presente em obras de todos os tamanhos, serviços de carpintaria e muito mais.

Nos pequenos serviços de casa, você pode usá-lo para colocar ou retirar um prego da parede, consertar banquetas, cadeiras e mesas de madeira, colocar prateleiras pelos cômodos, entre outros serviços.

 

Arco de serra é essencial
Arco Serra
Corte diversos materiais com o Arco de Serra

Se você gosta de utilizar seu lado criativo para produzir objetos artesanais, uma boa dica de ferramenta é o arco de serra. Simples de manusear, leve e flexível, com ele você vai serrar madeira, PVC e até mesmo materiais em aço. Dessa maneira, você pode soltar a imaginação e criar pra valer.

 

Estilete tem corte preciso
Estilete Cortes
Faça cortes precisos com o estilete

Muito mais eficiente que uma faca, o estilete permite que você corte tecidos, tiras de borracha, lacre de galão d’água, papel e demais materiais com uma precisão simétrica e de altíssimo nível. Serviços domésticos e artesanais são algumas das situações em que ele também pode ser utilizado.

Porém, para que o corte fique sempre perfeito é extremamente importante que, conforme o uso dessa ferramenta, você destaque a ponta dele. Para fazer isso, basta utilizar um alicate ou o rabicho que vem fixado no estilete. O ponto certo para a retirada da parte desgastada já vem demarcado, por isso é bem prático.

 

Medida certa é com a trena
Trena Medição
Descubra a medida certa com a trena

Seja na construção pesada ou nos pequenos serviços domésticos, a necessidade de medir espaços e materiais é de vital importância para que tudo se encaixe perfeitamente. Capaz de medir milímetros, centímetros e metros, a trena vai facilitar muito a sua vida.

Se você pretende fazer um móvel, colocar quadro, trocar janelas e portas, ampliar ou reformar os cômodos da sua casa, fixar uma prateleira, um suporte de televisão, entre outras atividades, a trena é uma ferramenta que não pode ficar de fora desses projetos.

Uma dica bacana é comprar uma trena com nível, pois além de fazer medições, ela também indica a verticalidade de paredes, muros, pilastras, portas, quadros ou qualquer outro objeto.

Agora, caso queira investir um pouco mais, a trena a laser garante maior precisão na medição de cômodos e paredes. Até mesmo medidas com inclinação ela é capaz de calcular e, além disso, essa ferramenta armazena automaticamente em sua memória os últimos cálculos feitos.

 

Lima para acabamentos
Lima Amolar
Lima para tirar arestas e amolar

Madeira, aço ou PVC… Independentemente do material que você for utilizar em seus trabalhos, para que ele fique bem feito e com ótimo acabamento, a lima tem papel fundamental. Ela é perfeita para raspar pequenas imperfeições que precisam ser retiradas na hora em que você for colar madeiras, canos ou soldar aço.

 

Deixe tudo organizado
Caixa Ferramentas
Encontre rapidamente o que precisa na caixa de ferramentas

Manter as ferramentas organizadas e guardadas em local de fácil acesso faz toda a diferença quando surge uma pequena urgência em sua casa, como a troca de uma torneira, chuveiro ou tomada.

Para que você consiga localizar com rapidez e não deixar nada espalhado, recomendamos a utilização de uma caixa de ferramentas. Vem com espaço suficiente para também guardar consumíveis, tais como: pregos, parafusos, buchas, porcas, arruelas, fita isolante, veda rosca, silver paper, bastão de cola e muito mais.

Outra maneira bacana de deixar suas ferramentas em ordem e fáceis de serem encontradas é mantê-las expostas em um painel para ferramentas. Ele pode ser instalado no seu quartinho de bagunça ou até mesmo na garagem.

E mais: não podemos deixar de falar das maletas que já vêm equipadas com ferramentas. Dependendo da sua necessidade é possível encontrá-las de diversos tamanhos e quantidades de peças. Uma opção interessante é a maleta com 65 peças, da Tramontina. Entre os itens disponíveis nessa maleta você encontrará um martelo, alicate universal e de bico, chaves de boca e fenda, estilete, trena, parafusos, miniarco de serra e muito mais.

Segurança é fundamental
Se você pretende construir, reformar, reparar ou executar outros serviços que tenham potencial de causar baques ou lesões, é de extrema importância utilizar equipamentos de proteção individual, conhecidos popularmente como EPI’s.

Os itens básicos de segurança que precisam fazer parte do seu kit de ferramentas são: óculos com lente em policarbonato e uma luva resistente que, conforme a atividade realizada, pode ser encontrada em poliéster, malha ou látex. Você também pode somar a eles um teste de voltagem, que permite identificar a existência ou não de corrente elétrica em algum ponto que for mexer, evitando assim, possíveis choques elétricos.

E mais: embora não seja um EPI, é interessante ter em seu kit uma lanterna, que pode ser utilizada nos momentos de queda de energia em sua casa, por exemplo. Assim você não correrá o risco de tropeçar em algo pelo caminho.

Mãos à obra?
Seja para trabalhos de marcenaria, alvenaria, hidráulica, serralheria, mecânica ou decoração, esses itens apresentados vão ajudá-lo a fazer tudo com muita precisão e qualidade.

Se você tem aptidão para esse tipo de tarefa, prefere resolver sozinho pequenas urgências domésticas a chamar algum profissional que, muitas vezes, vai cobrar caro por um pequeno conserto, ter um kit de ferramentas em casa é a solução mais adequada. Gostou da nossa lista básica de ferramentas? Então deixe o seu like, faça comentários, sugestões, compartilhe os nossos posts e continue nos seguindo.

Aproveite as férias e realize os reparos na sua casa

Toda casa precisa, de tempos em tempos, de pequenos reparos. Não falamos de limpeza, apenas. Não podemos deixar de lado os reparos mais pesados, aqueles que a gente tem o costume de deixar passar até o ponto insuportável onde não resta alternativa a não ser olhar para o problema e encará-lo.

Mas, não se sinta culpado! Muito desse “atraso em resolver o problema” vem da falta de tempo no dia a dia. Então, sendo esse o caso, por que não aproveitar as férias, com esses merecidos dias de descanso, e tirar um tempinho para dar aquela corrigida no que ainda está pendente?

Você só precisa das ferramentas certas e um pouco de dedicação e perceberá que, em pouco tempo, sua casa estará ainda mais bonita e confortável, como você e a sua família merecem. E a CasasBahia está aqui para ajudá-lo!

Ferramentas de primeira necessidade
Anote aí: qualquer residência necessita de uma caixa de ferramentas. Uma caixa de ferramentas é quase tão importante quanto um kit de primeiros socorros, e tê-la por perto permitirá colocar um prego na parede, afrouxar ou prender melhor um parafuso que está saindo do móvel e fazer todo o tipo de “pequenos reparos” em sua casa.

Existem os jogos de ferramentas já preparados, que são um bom ponto de partida, mas você pode montar a sua própria caixa escolhendo os acessórios um a um.

Não se esqueça de ter sempre uma caixa com martelos, alicates, chaves (principalmente de fenda e inglesa) de diferentes tamanhos, pregos e parafusos.

 

Ferramentas automáticas
Furadeira e Parafusadeira

Um sujeito bem preparado pode contar, também, com acessórios mais “profissionais” em sua casa. Ferramentas elétricas são uma mão na roda para quem passa um pouco mais de tempo nos reparos ou para quem acabou pegando gosto pela atividade que, acredite, para muitos funciona como uma terapia!

Furadeiras são itens comuns e indispensáveis na hora de fixar prateleiras ou qualquer parafuso na parede. Uma furadeira utiliza brocas de tamanhos variados e, a menos que você tenha um vizinho legal ou um amigo gente fina que possa lhe emprestar uma em algumas eventualidades, conte com a possibilidade de adquiri-la um dia, mesmo que não seja em um primeiro momento.

Úteis para quem parafusa e desparafusa muito, as parafusadeiras elétricas podem poupar um tempo brutal na montagem e desmontagem de móveis. Microrretíficas também são boas amigas de quem precisa furar, lixar, cortar e polir, bem como para aquelas pessoas que não dispensam um trabalho artesanal.

Lavadoras de alta pressão
Lavadoras de Alta Pressão
Se você possui um jardim em casa, ou uma garagem ampla, ou até mesmo quer lavar veículos, uma lavadora de alta pressão é uma grande escolha. Ideal para tirar sujeiras mais difíceis com um menor consumo de água, esses aparelhos disparam um jato de água na direção desejada e possuem bicos variados, reguláveis, para um trabalho mais adequado.

Compressores de ar também funcionam de forma semelhante, trabalhando com a pressão, e normalmente é bastante utilizado na limpeza de peças, na pintura e até mesmo no enchimento de pneus.

Como dissemos anteriormente, tenha em casa ao menos um kit de ferramentas. Com o tempo, adquira ferramentas automáticas e, caso a sua casa tenha áreas que precisam ser lavadas, pense na compra de lavadoras de alta pressão. Tudo isso trará muito mais praticidade à sua vida e, com um pouco de jeito, você economizará uns trocados sem ter que pedir ajuda especializada para reparos mais simples.

Qual a importância da manutenção preventiva para compressores de ar?

Os compressores de ar são ferramentas que podem ser encontradas em vários nichos de mercado, isso por conta da sua ampla utilização.

É possível encontrar os compressores, por exemplo, em áreas de construção, como também pode ser encontrado em conjunto com outros produtos, servindo de complemento fundamental para o seu bom funcionamento.

Os eletrodomésticos, aquários, uma boa parte dos automóveis e até mesmo algumas ferramentas para realização de pintura, indústria automotiva, insdústria alimentícia, usinas, entre outras, servem como exemplo de produtos que precisam dos compressores de ar.

 

A característica básica é de converter movimentos mecânicos gerados por energia elétrica, ou eventualmente, alguma outra forma de energia como motores a diesel e gasolina em ar comprimido.. Há diferentes modelos no mercado, como:

Compressores de pistão;
Compressor rotativo de parafuso;
Compressor portátil à diesel;
Compressor boosteer;
Compressor scroll;
Motocompressores.
A manutenção preventiva de compressores de ar é o que garante que, além do equipamento durar mais, ele também funcionará com maestria.

Mas, se você está se perguntando se realmente é importante fazer essa manutenção preventiva ou se pode apenas fazer no caso dê algum problema, continue lendo o artigo e entenda esse ponto.

Qual a importância da manutenção preventiva para compressores de ar direto?A importância da manutenção preventiva: como não ter problemas?
Como qualquer equipamento industrial, o mau uso ou a falta de manutenção preventiva pode acabar em gravíssimos acidentes para quem está utilizando e está próximo da equipamento.

Em relação à segurança, é importante que seja seguido várias práticas para que todas as pessoas que estejam manipulando os compressores de ar possam estar seguros.

Nunca ache desnecessária a leitura do manual de instruções, até porque, é nesse documento que estão todas as informações sobre o compressor.

Além de você economizar dinheiro, já que com a manutenção preventiva você não terá grandes problemas, o seu equipamento dura mais, é mais seguro e o seu desempenho será sempre bom.

Então, nunca deixe de realizar reparos de forma preventiva e todas as inspeções periódicas.

Qual a importância da manutenção preventiva para compressores de ar direto?Como funciona a manutenção dos compressores de ar?
Em questão do uso, é bom que você faça a instalação de forma que o equipamento fique nivelado.

Na manutenção preventiva, você irá escolher uma empresa de confiança, como nós da Loja Schulz.

A manutenção observa os principais pontos para que você não perca dinheiro e muito menos o seu equipamento, confira abaixo:

Mantém a lubrificação;
Utiliza a fiação adequada para o funcionamento elétrico;
Realiza a drenagem do reservatório de água de acordo com o uso;
Limpeza de certos complementos e trocas regulares de itens, como filtro e óleo;
Verifica as mangueiras para evitar que aconteça vazamentos;
Limpeza dos trocadores de calor;
Limpeza do tanque de combustível do compressor de ar.